RSS

Quando o coração escolhe

14 Fev

Autor: Américo Simões ditado por Clara
 
Uma narrativa envolvente que embora seja vivida em grande parte numa época mais remota, fala de dramas sempre atuais vividos por todos nós em família e na sociedade.
Escolhas equivocadas que fazemos ao levar somente em conta aquilo que está pré- estabelecido sabemos lá por quem, ou o que achamos que nossos familiares ou a sociedade esperam de nós e não o que realmente queremos, o que realmente nos faz feliz.
O livro nos faz refletir sobre o que verdadeiramente Deus espera de cada um de nós.
Ele simplesmente espera que sejamos felizes dando voz e vez ao amor, sem preconceitos, o amor que não impõe condições para se realizar, simplesmente flui como um rio que corre para o mar, contornando  as pedras do caminho.
Deixamos aqui uma parte do trecho final do livro, que vem ao encontro da mensagem que este blog tenta passar, na busca de um mundo melhor.
 
 
“Talvez você duvide que um ser humano possa mudar ao longo da vida. Bem, Fabrízio Guiarone mudou, isto é, deixou apenas aflorar o melhor de si, um melhor que muitos nem percebem possuir, mas que está lá, na alma de todos nós seres humanos.
Deixou de ser corrupto, dedicou-se com afinco à política, procurando por em prática aquilo que realmente pudesse melhorar as condições da população.
Uns dizem que é o tempo, o mágico tempo, que tem o poder de despertar o melhor do ser humano. Mas não é o tempo em si que faz com que despertemos esse melhor, são os amigos encarnados ou desencarnados que encontramos através dos tempos. São eles que cedo ou tarde, nos levam a perceber que certos padrões de pensamento sobre a vida nos são prejudiciais e só servem para impedir o ser humano de despertar o seu melhor, bem como o da sociedade.
Esses amigos nos ajudam porque a vida quer trazer à consciência aquilo que realmente é importante para vivermos bem com ela, com nossos semelhantes, com o planeta, com o cosmos em si. Esses auxílios nos chegam de diversos modos, dentre eles os mais comuns: alguém se aproxima de você e lhe diz algo que o faz refletir, que o leva à solução de um problema que há muito procurava resolver; ou lhe sugere um curso que ajuda a despertar o seu melhor, que lhe ensina técnicas para estimular sua paz de espírito; ou lhe indica um livro que lhe ensina, indiretamente , a lidar melhor consigo mesmo e com a vida; ou, ainda, através da mediunidade.
Há certamente os do contra que percebem que estão recebendo uma ajuda do Além para despertar o seu melhor e, mesmo assim, não dão o braço a torcer. Esses são levados a despertar o seu melhor por meio da dor, porque só a dor nos faz , cedo ou tarde, tomar finalmente uma atitude em prol da VIDA.
Para muita gente é realmente muito difícil mudar, adquirir hábitos mais saudáveis para tornar sua vida mais saudável física, emocional e espiritualmente. Esses que reprimem a mudança para o melhor, tendem a pichar aqueles que abraçam mudanças positivas, que descobrem um modo mais saudável de viver, que aceitam a natureza na íntegra, incondicionalmente, com todos os seus componentes.
Saber não se deixar perturbar por pessoas que vão contra as mudanças positivas é algo difícil, muitas vezes, mas altamente necessário se quiser manter o seu melhor. Todos sabem que basta uma laranja podre no meio de várias, para apodrecer as demais.
A história da família Guiarone parece ter  um final de novela, onde tudo termina bem para os personagens, mas não é bem assim; a vida dos Guiarone não parou no último relato descrito neste livro, a vida continuou e todos tiveram que enfrentar os altos e baixos que o dia a dia nos traz.
Se você tem vergonha por ter um filho homossexual, tem vergonha de ter um amigo ou um ente querido casado com um negro, ou sente vergonha por ter colegas de trabalho da raça negra, saiba que vergonha mesmo a gente deve ter é do terrorismo, da miséria, da guerra, da matança das baleias, da devastação da natureza, do racismo, do preconceito, de fanáticos religiosos, de politicagem corrupta, de assaltantes, de criminosos, entre outras coisas do gênero. Agora de homossexuais, de outras raças, de outra cor de pele é realmente uma hipocrisia, uma afronta a Deus que criou todos nós de diferentes tamanhos, cores e gostos.
Antes de alguém ser preconceituoso e racista, gaste seu tempo, seu cérebro e suas palavras com atitudes mais prósperas, em prol da paz mundial: vá ajudar carentes, fazer algo realmente que faça com que você e Deus sintam orgulho de você mais tarde.
Porque uma coisa é certa: Deus não vai tirar do planeta os homossexuais, negros e outras raças porque você não as aceita. Tudo vai continuar o mesmo, a única diferença que pode acontecer se dará quando você aceitar a vida como ela é, tudo do jeito que Deus criou; até mesmo as baratas continuarão a existir, não é só porque você não gosta delas que elas desaparecerão. Há espaço para todos neste planeta. E todos que aqui estão, são necessários para a nossa existência. Ainda que não pareça. Pense nisso!
A verdade é uma só: quem aceita aquilo que é intrínseco à natureza da vida, vive melhor, tem condições de ser mais feliz. E felicidade é o que todos querem, portanto… Felizes aqueles que já perceberam isso!”
 
Anúncios
 
1 Comentário

Publicado por em 14/02/2012 em Literetura

 

Etiquetas: , , , ,

One response to “Quando o coração escolhe

  1. Cláudio Viana Silveira

    03/09/2012 at 19:58

    “…Vergonha mesmo a gente deve ter é do terrorismo, da miséria, da guerra, da matança das baleias, da devastação da natureza, do racismo, do preconceito, de fanáticos religiosos, de politicagem corrupta, de assaltantes, de criminosos, entre outras coisas do gênero…” Deve ser um belo romance! Valeu Silvia! Um abraço. Claudio.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: