RSS

Canção do sonho acabado

03 Ago

Já tive a rosa do amor
– rubra rosa, sem pudor.
Cobicei, cheirei, colhi.
Mas ela despetalou
E outra igual, nunca mais vi.
Já vivi mil aventuras,
Me embriaguei de alegria!
Mas os risos da ventura,
No limiar da loucura,
Se tornaram fantasia…
Já almejei felicidade,
Mãos dadas, fraternidade,
Um ideal sem fronteiras
– utopia! Voou ligeira,
Nas asas da liberdade.
Desejei viver. Demais!
Segurar a juventude,
Prender o tempo na mão,
Plantar o lírio da paz!
Mas nem mesmo isto eu pude:
Tentei, porém nada fiz…
Muito, da vida, eu já quis.
Já quis… mas não quero mais…

CECÍLIA MEIRELES

Anúncios
 
1 Comentário

Publicado por em 03/08/2017 em Poesia

 

Etiquetas: , , , , , , ,

One response to “Canção do sonho acabado

  1. Claudio Viana Silveira

    04/08/2017 at 17:42

    “Já, já, já…” Uma reflexão sobre nossos possíveis exageros, os quais não desejamos repetir. Imaginemos um livro que estamos lendo pela terceira vez: na segunda vez constatamos que sublinhamos com nosso lápis, coisas que hoje não sublinharíamos; e que deixamos de marcar coisas importantes. Quando o lermos pela terceira vez, umas e outras já poderão ser insignificantes; sublinharemos outras… SANTA EVOLUÇÃO! Um abraço, amiga! Claudio.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: