RSS

Arquivo de etiquetas: coração

Imagem

Só uma coisa a dizer

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 23/06/2017 em Reflexão

 

Etiquetas: ,

Segundo Coração

 

segundo-o-corac3a7c3a3o

 

 

 

 

 

 

 

Devera, para o amor, haver na gente,
Um outro coração intercalado,
Que para o amor pulsasse unicamente,
Sem ódio, sem rancor e sem pecado.

Que fosse um coração imunizado
Contra qualquer sentido diferente;
Feito do amor, por ele escravizado,
Pulsando sem cessar, constantemente!

Que o amor impuro que há, purificasse,
Banindo a ingratidão, a falsidade,
E sem amar, a mais ninguém deixasse.

Que à vida desse o dom da meiga flor,
Tornando-a, – sem luxúria, sem maldade –:
Amor!… Somente amor!… Somente amor!

Jésus Gonçalves
Livro: Flores de Outono

 
5 Comentários

Publicado por em 17/06/2017 em Poesia

 

Etiquetas: , , , , ,

Convite

conviteNated

Que neste Natal Jesus entre para ficar em nossos corações e o Ano Novo seja o início de uma nova era em nossas vidas.

Com muitas lutas, mas com a vontade firme e sincera de sermos realmente melhores.

Melhores nos sentimentos, nas palavras e principalmente nas ações.

Mais conscientes das nossas responsabilidades perante a vida que recebemos por infinito amor Divino e ainda não aprendemos a valorizar.

Que nossas almas se permitam envolver pelo terno olhar de Jesus, experimentando a doce sensação de sermos imensamente amados.

Abraços faternos!

Silvia Gomes

 
2 Comentários

Publicado por em 21/12/2012 em Espiritualidade

 

Etiquetas: , , , , , , ,

Primavera

Primavera é quando, num pedacinho da Terra, as flores se abrem,
o sol fica mais forte e a vida fica mais alegre.
Quando, num canto da Terra, se faz primavera, nos outros cantos se faz verão,
inverno e outono.
Das quatro estações, a primavera é a mais bonita, porque colore a terra, perfuma o ar
e contagia os corações sensíveis com sua alegria.
A primavera é uma boa época para renovar o espírito, assim como as flores se renovam.
E de colher os frutos e semear a terra.
Semear a terra sempre, pois isso significa mantê-la sempre fértil.
E de terra fértil, sempre brota a vida.
Bom seria se a primavera acontecesse o tempo todo, em todos os corações
humanos… florescendo, enfim, na forma de atos, palavras e
pensamentos, sempre positivos…
se cada ser vivente, fosse como uma flor, bela, pura e
cheirosa, toda a Terra viveria uma eterna primavera…
Depende de cada um, fazer do próprio coração, a terra…
semeá-lo e cuidá-lo, para cultivar o espírito da primavera, todo o tempo…
em qualquer estação…

 

 
1 Comentário

Publicado por em 04/10/2012 em Poesia

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

O que é mais importante?

 
Perdoar ou pedir perdão?
Quem pede perdão mostra que ainda crê no amor
Quem perdoa mostra que ainda existe amor para quem crê.
 
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
­É sempre importante saber que: Perdoar é o modo mais sublime
de crescer e pedir perdão é o modo mais sublime de se levantar…
 
O que é mais: amar ou ser amado?
Amar significa tudo aquilo que todo mundo deve.
 
Ser amado significa tudo aquilo que todo mundo deseja.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais
 
E sempre importa saber que; Ninguém pode querer amar
sem se esquecer, e ninguém pode querer ser
amado sem se lembrar de todos
 
O que é mais: Abrir a porta ou abrir o coração?
Quem abre a porta mostra que vai receber alguém
Quem abre o coração quer que ninguém fique fora.
 
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que: Abrir a porta é o modo mais
delicado de ser bom e abrir o coração é o modo divino de amar…
 
O que é mais; Levar rosas ou enxugar lágrimas?
Quem leva rosas mostra que se lembrou de alguém na felicidade.
Quem enxuga lágrimas mostra que não esqueceu de alguém na infelicidade.
 
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que:
 
Levar rosas é um gesto de amor que todo mundo faz,
e enxugar lágrimas é um gesto que só o amor faz a todo mundo!..
 
1 Comentário

Publicado por em 06/08/2012 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Para todas as horas!

 
 
Um filho perguntou a mãe:
– Mãe, eu posso ir ao hospital ver meu amigo? Ele está doente!
A Mãe responde com uma pergunta:
– Claro, mas o que ele tem?
O filho com a cabeça baixa, diz:
– Tumor no cérebro.
A Mãe furiosa diz:
– E você quer ir pra que? Vê-lo morrer?
O filho lhe dá as costas e vai…
Horas depois ele volta vermelho de tanto chorar… dizendo:
 
– Mãe, foi tão horrível, ele morreu na minha frente!
A Mãe com raiva:
– E agora?! Tá feliz?! Valeu a pena ter visto aquela cena?!
Uma última lágrima caiu de seus olhos
e acompanhado de um sorriso, lhe disse:
– Muito, pois cheguei a tempo de vê-lo sorrir e dizer…
 
– EU TINHA CERTEZA QUE VOCÊ VINHA!!!
 
 
Amizade é alegria,
É o romper de um novo dia,
Acalentando um coração.
Dá a força da esperança
Que um peito não alcança
Na tristeza e solidão.
 
Amizade é como a rosa
Tão linda e perfumosa,
Um belo botão em flor.
Uma amizade sincera
É a amizade que se espera, 
Aonde viceja o amor.
 
N. Rogero
 
 
1 Comentário

Publicado por em 21/07/2012 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , ,

Na terra do coração

 
Cultivemos os frutos do Evangelho em nós
mesmos, para que não nos faltem garantias à sementeira de paz e renovação…

Lembremo-nos de que o solo do coração, de algum modo, é semelhante à terra comum.

Para que o lavrador possa controlar a própria tarefa, efetua, primeiramente, as contas imprescindíveis, marcando as leiras que lhe receberão os cuidado de cada dia.
– Também nós não podemos viver sem o balanço das possibilidades que nos são próprias.

Logo após, o homem do campo defende o trato de chão em que se movimentará, preservando o próprio trabalho contra a incursão de agentes daninhos.

– Por nossa vez, precisamos guardar o campo intimo, irradiando sentimentos enobrecidos, entre nós e o mundo externo, para que o assalto de elementos inferiores não nos destrua a esperança.

Em seguida, o cultivador deixa que a terra suporte a pressão do arado, para que a boa semente encontre berço amigo.
– De igual modo, não podemos furtar o próprio espírito ao contato com o sofrimento, que opera em nós condições adequadas à plantação de valores que redimam.

Mais tarde, vindo a germinação, não dorme o agricultor, de vez que lhe cabe a defensiva constante contra as pragas, a lhe ameaçarem a obra ainda frágil.
– Também nós outros, não podemos repousar sobre as primeiras conquistas espirituais que realizamos, porque é indispensável vigiar ante os golpes sutis das forças deprimentes que nos rodeiam o esforço.

Do amanho da terra à colheita farta, combate o lavrador, dia-a-dia, até que o fruto precioso lhe enriqueça as mãos.
– E nós também, das primeiras noções de espiritualidade à seara da própria sublimação, não podemos descansar, porque, de instante a instante, é imperioso corrigir e aperfeiçoar pensamentos e idéias, sentimentos e aspirações no santuário de nossa fé.

Não nos esqueçamos de que prudência, cautela, trabalho e devotamento são recursos que não nos será licito menosprezar na lavoura do aperfeiçoamento próprio, se quisermos converter a própria vida, com o Cristo, em abençoado celeiro de amor e luz.

EMMANUEL
(Do livro “Reconforto” Francisco Cândido Xavier)

 
2 Comentários

Publicado por em 26/06/2012 em Espiritualidade

 

Etiquetas: , , , , , , , ,