RSS

Arquivo de etiquetas: coragem

Valorize

valorize

Valorize a vida que Deus te deu

Valorize o pai, a mãe o irmão

Valorize o dia que amanheceu

Valorize a flor que brotou do chão

 

Valorize os bons momentos

Valorize o sol que desponta cedo

Valorize seus bons sentimentos

Valorize sua coragem e não seu medo

 

Valorize quem a seu lado decidiu ficar

Pelo simples prazer de tudo compartilhar

Pois junto a ti gosta de estar

 

Valorize o amigo que se importa

Que liga, que se interessa

Que quando bate em tua porta

Só quer saber se você está bem 

E desfrutar a sua companhia sem pressa

 

Valorize porque ninguém, mantém a presença

Por mais que queira, por mais amor que tenha

Onde reina a indiferença

 

Valorize o amor que lhe é ofertado

Pois não há sensação mais doce que amar

E não há felicidade maior que sentir-se amado.

 

Silvia Gomes

 
1 Comentário

Publicado por em 04/11/2016 em Poesia

 

Etiquetas: , , , , , ,

Não tenha medo de quem te ama

amor

Não tenha medo, pois quem te ama de verdade, jamais fará deliberadamente, algo para lhe prejudicar.

Só fará alguma coisa parecida, quem considera o outro uma propriedade, da qual não quer abrir mão por mero capricho.

Quem sente o amor com pureza d’alma, preferirá inclusive ir embora, para não atrapalhar sua felicidade, se você não sentir do mesmo jeito.

Não tenha medo… Porque quem ama genuinamente, estará sempre de portas, coração e braços abertos a qualquer momento que você precisar ou simplesmente quiser, pois será seu amigo fiel além do tempo.

Aquele que ama tem como marca a coragem de priorizar a felicidade do ser amado, mesmo que isto custe a sua. E por incrível que pareça, esta coragem desperta o medo, já que nos acostumamos a entender por  amor o que nada mais é que apego e sentimento de posse.

Mas, chegará o dia em que compreenderemos que o verdadeiro amor se baseia na amizade e no respeito à individualidade.

E não importa a distância e nem o tempo, pois como diz o poeta Carlos Drumond de Andrade: “Amar se aprende amando e só quem ama escutou o apelo da eternidade.”

Silvia Gomes

 
1 Comentário

Publicado por em 25/10/2015 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , , ,

Reflexões

vida

No dia seguinte a terrível tragédia de Santa Maria que ceifou mais de duzentas vidas de jovens adolescentes com futuro brilhante pela frente, resta-nos a tristeza e a indignação pela negligência, pela imprudência, pela falta de cuidado.

Cabe a todos nós uma profunda reflexão a respeito das responsabilidades das autoridades e da sociedade em geral em acontecimentos desoladores como este.

 

As notícias que são vinculadas em todos os meios de comunicação dão conta de inúmeras irregularidades no prédio incendiado.

Desde o não cumprimento de várias regras de segurança até a estúpida imprudência de fazer-se pirotecnia em locais totalmente fechados.

Penso que precisamos nos perguntar até que ponto vale a pena esta necessidade quase doentia de diversão a todo o custo, esta sede de ‘causar’, que faz com que enquanto artistas, façamos coisas mirabolantes no intuito de sermos vistos e reconhecidos pelo público e que negligenciam o bom senso e a sanidade.

Enquanto empresários, usemos de todos os artifícios legais e ilegais para garantirmos o maior lucro, construindo estabelecimentos com o menor custo financeiro, sem nos preocuparmos com a segurança nossa própria e daqueles que irão nos proporcionar o lucro tão almejado.

Inclusive para isso usando da velha prática do suborno de entes públicos para obtenção de vantagens que no final não valerão a pena, pois serão responsáveis por tragédias como esta.

Enquanto autoridades públicas, quando não realizamos nosso trabalho de fazer cumprir as leis e nos deixamos levar pela facilidade de, investidos dessa autoridade, nos beneficiar financeiramente obtendo dinheiro fácil ao nos deixar corromper.

Como pais e responsáveis por nossas crianças e adolescentes ao não orientá-los corretamente sobre os cuidados que devem ter quando frequentam estes lugares… enfim…

Certamente que é legítimo o direito de nossos jovens ao lazer e diversão, mas não podemos prescindir da previdência, do cuidado com a vida.

Precisamos rever nossos conceitos e dar o devido valor ao que é realmente importante.

De nada vale participar de tudo, não perder nenhuma festa, se corremos o iminente risco de perder a vida de forma tão banal.

Que Deus conceda a força e a coragem de seguir em frente para aqueles que perderam seus entes queridos nesta tragédia, apesar da dor e da tristeza imensuráveis e que daqui para frente sejamos mais conscientes e tenhamos a humildade de reconhecer que temos andado meio descuidados.

E que tenhamos a coragem de cortar as amarras que nos tornam escravos do dinheiro, da fama sem limites, do prazer material a qualquer custo e nos fazem perder o essencial, o verdadeiro, o que dá sentido a nossa existência que é o amor a vida.

Deus proteja a todos!

Silvia Gomes

 
2 Comentários

Publicado por em 28/01/2013 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Agir com o Coração

 
Ao procurarmos o significado da palavra coragem no dicionário, encontraremos lá a seguinte definição:
Força ou energia moral que leva a afrontar os perigos; valor; destemor, ânimo, intrepidez, bravura, denodo.”  E várias mais como destemor, desassombro, audácia, ousadia, arrojo, heroísmo, galhardia, ímpeto, brio e etc…”
 
Todas essas definições, efetivamente, correspondem ao que sempre imaginamos em relação a ela, embora a contundência destas designações,  nos dias atuais, provoque certa confusão e sejam entendidas como sinônimo de  agressividade, imposição de pontos de vista, sem espaço para o contraponto , vitória, mesmo que seja prejudicando o próximo.
 
Entretanto, as definições por si mesmas, limitam um pouco a nossa capacidade de compreender a vida.
 
Na realidade do nosso dia a dia e ao longo de nossas vidas vamos percebendo que tudo tem sua relatividade, dependendo de cada situação. Ainda mais, quando vamos buscar o significado etimológico da palavra.
 
Coragem: do latim cor, “coração”, ou seja , coragem pode também significar agir com o coração.
 
Sem dúvida, é preciso audácia, ousadia, arrojo, ímpeto, valor, galhardia, etc., para viver uma grande paixão, um grande amor quando tudo conspira contra, para escalar uma montanha, para vencer profissionalmente, para buscar uma vida melhor, enfim, para correr atrás e realizar nossos sonhos, porém não menos audácia, ousadia, arrojo, ímpeto, valor, galhardia, etc., são necessários para renunciar em prol da felicidade de quem se ama. Talvez mais ainda para amar sem ser amado, para desistir do sonho de escalar a montanha a fim de não fazer doer de preocupação o coração de quem nos ama, para desistir de uma atitude que lhe traria sucesso profissional, mas que prejudicaria o seu colega de trabalho e outras pessoas envolvidas. 
 
É preciso ser corajoso para não revidar uma ofensa, para não discutir no trânsito, mesmo que tenhamos razão, e assim por diante.
 
O planeta está cheio dessas pessoas que não são protagonistas de feitos espetaculares, mas que vivem felizes apesar de tudo e que com suas atitudes, muitas vezes carimbadas com o selo da covardia, fazem o nosso mundo muito melhor.
 
Por isso é preciso ter cuidado ao fazermos nossos julgamentos ou alardearmos nossa coragem, pois cada um de nós sabe de sua dor e de suas renúncias.
 
As vezes, um ato de renúncia, um recuo, um silêncio…  pode salvar uma ou várias vidas.
 
Silvia Gomes
 
“Sofrer por obrigação é resgate humano, mas sofrer para que outros não sofram é renúncia divina.” 
(Emmanuel)
 
1 Comentário

Publicado por em 19/03/2012 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , ,