RSS

Arquivo de etiquetas: sol

Lição inesquecível

chuva

Na atualidade, é bastante comum os casais se queixarem um do outro. A esposa critica o marido por suas manias, por lhe cercear a liberdade e por outras tantas coisas.

O marido reclama dos gastos da esposa, do tempo que demora para se arrumar toda vez que decidem sair, e daí por diante.

É natural que numa roda de amigas, quando o assunto é marido se comentem os defeitos deles e como elas poderiam ser mais felizes sem eles.

 

Assim foi numa tarde, na academia, onde uma senhora, que aparentava um pouco mais de quarenta anos, se encontrava. Alguém comentou que invejava a sua felicidade.

Ela era uma mulher que transpirava alegria. Dedicava-se a obras de caridade, estudava música. Mas, em tudo que fazia, havia uma tonalidade de alegria contagiante.

Qual era o segredo, afinal? – Perguntou uma das amigas.

Devo tudo ao meu marido. – Respondeu rápido.

Como assim?  Tornou a perguntar a outra. Ele acompanha você a todo lugar, incentiva  você, o que ele faz?

E uma pontinha de inveja adornava as perguntas agora.

Como podia aquela mulher ser tão feliz com seu marido?

Mas a outra tornou a responder: Bem, meu marido morreu.

Na roda de amigas, houve um grande silêncio e, pela mente de todas elas, passou a ideia: Claro que ela é feliz. Ele devia ser um carrasco. Ele morreu e ela se libertou.

No entanto, continuando a explicar, a viúva disse:

Enquanto vivemos juntos e foi pouco mais de vinte anos, esse homem me ensinou a amar.

Quando nos casamos, eu era uma jovem tola, cheia de sonhos, vivendo a irrealidade. Ele era um homem prático, mas extremamente sensível.

Amante da poesia, ensinou-me a amar os versos, a descobrir a beleza nas rimas.

Nas horas de folga, tornava-se jardineiro. Ensinou-me a amar a terra, as flores, a semear e esperar o crescimento e a floração.

Gostava de boa música. Com ele aprendi a ir ao teatro para assistir a concertos de música clássica e shows de música popular. Ele me instruiu nos primeiros caminhos dessa bela arte.

Esse homem me ensinou a amar a vida e nela descobrir valores. Deu-me a conhecer o verdadeiro valor de uma amizade, a não desprezar nenhuma manifestação de carinho, por menor que pudesse ser.

Ensinou-me a amar a natureza, bendizendo o sol e a chuva, em suas alternâncias. A não reclamar do frio, nem do calor excessivo. Ele me ensinou a ver em tudo a Providência de Deus a nos abençoar.

Por isso, quando ele se foi, quando pensei entregar-me à tristeza, recordei-me dos anos vividos e das lições repassadas.

Em memória dele, não posso deixar de ser feliz e transmitir felicidade a todos.

***********************************************************************************

A vida é o hálito do Pai Criador em Sua soberana manifestação de amor.

Examinemos  nossa vida e das experiências de todos os dias retiremos o melhor proveito.

Nossa vida se constitui de bênçãos e sofrimentos.

Exatamente como no jardim existem duas formas de encontrar as rosas: pelo aroma ou pelos espinhos, nossa vida depende da forma que encaramos o que nos rodeia, o que nos chega, o que nos acontece.

 

Redação do Momento Espírita, com pensamentos finais extraídos do livro Repositório de sabedoria, v. 2, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal. Em 10.06.2011.

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 29/01/2013 em Otimismo, Uncategorized

 

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Deixa o sol entrar

JANELA

Os dias difíceis que vivemos hoje, com tantas tragédias nas manchetes dos jornais e telejornais, dando conta de inúmeros conflitos nas relações humanas, transformam nossas vidas em algo pesado… denso… tenso… e nublado.

Definitivamente não foi para viver assim que Deus nos criou.

Construiu o Universo lindo e perfeito em que nos movimentamos, para que pudéssemos sentir e vivenciar o Seu Amor.

Criou a Natureza maravilhosa e perfeitamente harmoniosa, para que dela retirássemos necessário para a nossa sobrevivência, a fim de preservarmos nosso corpo, que é o instrumento de nossa evolução.

Para, através da convivência com nossos semelhantes e com todos os seres da Criação, aprendermos a amar.

Mesmo tendo mandado seu mais iluminado filho para guiar a humanidade com segurança no caminho da Verdade, os corações humanos ainda não se abriram para a Luz Divina.

Acordamos todos os dias com a luz solar, convidando-nos a viver a vida com leveza, no entanto não abrimos as janelas de nossa alma, insistimos em dormir até tarde.

Lá no fundo, todos, sabemos que a vida é eterna e que teremos infinitas chances de acertar o passo. Mas, que vantagem temos, em adiar indefinidamente a entrada na estrada iluminada, insistindo em trilhar caminhos escuros, que só deixam na boca o gosto amargo do arrependimento?

A vida não precisa ser pesada e nublada, pois mesmo nos dias de chuva, a beleza e a leveza podem nos acompanhar se deixarmos o sol do Amor Divino entrar em nossa casa, em nosso coração.

Não percamos mais tempo! Todos, desejamos viver melhor, amar e ser amados. Todos reivindicamos o direito a felicidade.

Todos, queremos ter ar puro para respirar, água limpa para beber, uma cama aconchegante para descansar da luta diária…

Por que alguns se acham no direito de ter tudo só para si? Não só as coisas materiais, mas também as emoções e os sentimentos, sem compartilhar sem dividir?

Esse egoísmo é que faz a vida mais pesada. Por que carregar esta bagagem inútil?

Deixa o sol entrar, se deixe aquecer pelo seu calor e iluminar pela sua luz, mas não o queira só para si.

Compartilhe… distribua… espalhe e perceberá que é inesgotável a fonte  do Amor!

Silvia Gomes

 
2 Comentários

Publicado por em 12/01/2013 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Não é Utopia!!

Enviado por fabionovasouza em 12/12/2008

Encontrei esse vídeo indiano que mostra o que a força de vontade pode fazer, troquei a música colocando Mais Uma Vez do Renato Russo, escrevi alguma coisinha inspirado pelos amigos espirituais, espero que disperte nas pessoas a vontade de servir e que retire dos pensamentos de alguns a idéia de que tudo está perdido e viver não vale a pena, que Jesus nos abençoe…

Fonte: http://www.redeamigoespirita.com.br/video/o-sol-vai-voltar-mais-uma-vez

 
3 Comentários

Publicado por em 11/06/2012 em Otimismo

 

Etiquetas: , , , , , , ,

Gentileza gera Gentileza

Gentileza é um jeito de ser, uma maneira de enxergar o mundo, é muito mais do que ser educado ou simplesmente cumprir regras de etiqueta.
Gentileza tem a ver com caráter, valores e ética. É respeito e solidariedade para com o próximo.
É possível exercitar essa maneira de ver a vida, basta baixarmos a guarda e tentar nos colocar no lugar do outro.
Refletir sobre como gostaríamos de ser tratados.
Aos poucos vamos perceber que a gentileza contagia, pois todos nós trazemos em nosso interior essa semente que só precisa de um pouco de sol e umas gotinhas de água para poder germinar e florescer.
Acreditem! Nós podemos, é só começar!
 
2 Comentários

Publicado por em 27/03/2012 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , , , ,

Nunca pare de sonhar

Video enviado por e-mail pela nossa amiga Glenda Cunha.

“Nunca se afaste dos seus sonhos, porque se eles forem embora, você continuará existindo, mas terá deixado de viver.”

 
1 Comentário

Publicado por em 16/02/2012 em Reflexão

 

Etiquetas: , , , , , ,